IMPACTO DA ESCOLHA DA EQUAÇÃO ALOMÉTRICA SOBRE A ESTIMATIVA DA BIOMASSA ACIMA DO SOLO

Resumo

A escolha da equação alométrica é um dos erros mais importante no uso do método indireto para estimar biomassa aérea, pois as variáveis utilizadas para compor os modelos alométricos, como DAP e altura, são dependentes das características estruturais da floresta onde o modelo foi produzido e utilizar esse mesmo modelo em outro local, com estrutura diferente, aumenta o erro da estimativa. Nesse trabalho nós buscamos avaliar o impacto do uso de diferentes equações alométricas sobre a estimativa da biomassa aérea acima do solo de diferentes coberturas vegetais (floresta primária, floresta secundária e sistemas agroflorestais). Inicialmente nós identificamos as equações alométricas existentes na literatura, que poderiam ser utilizadas para a estimativa da biomassa da área de estudo, em seguida nós aplicamos alguns critérios para escolher as melhores equações, e finalmente verificamos se as equações escolhidas influenciam a comparação da estimativa de biomassa acima do solo entre as coberturas vegetais. Dentre 41 equações analisadas nove foram levadas para a comparação entre as coberturas vegetais, duas para as florestas maduras, quatro para as florestas secundárias e três para os sistemas agroflorestais. A escolha da equação pode influenciar tanto na comparação, por exemplo, diferenciando ou não dois tipos vegetacionais, quanto na grandeza da comparação, por exemplo, a depender da equação podemos esperar que as florestas secundárias apresentam entre 44 - 55% ou entre 16 – 20% da biomassa das florestas maduras.

Publicado
Out 13, 2021
Como Citar
DANIEL, Thalyta Gabrielle Figueira et al. IMPACTO DA ESCOLHA DA EQUAÇÃO ALOMÉTRICA SOBRE A ESTIMATIVA DA BIOMASSA ACIMA DO SOLO. Agroamazon, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 3-13, out. 2021. Disponível em: <https://agroamazon.ufra.edu.br/index.php?journal=agroamazon&page=article&op=view&path%5B%5D=www.revistaagroamazon.ufra.edu.br>. Acesso em: 09 dez. 2021.
Seção
Artigos