PÓS CONSUMO DE LÂMPADAS FLUORESCENTES NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM, PA.

Resumo

As lâmpadas fluorescentes estão presentes no cotidiano de muitas pessoas, entretanto, poucos têm conhecimento do risco que estas lâmpadas podem oferecer. Em sua composição existe resíduos altamente tóxicos, por esta razão, o descarte deste resíduo deve ser de forma adequada e segura, aplicando-se obrigatoriamente a logística reversa. Para compreender a logística pós-consumo das lâmpadas fluorescentes nas cidades de Belém e Ananindeua, no estado do Pará, foram visitados estabelecimentos que comercializam este produto; aplicados questionários para os consumidores da região estudada; avaliadas as informações contidas nas embalagens das lâmpadas fluorescentes mais comercializados na região. As embalagens foram avaliadas quanto à presença e a legibilidade de informações referentes à composição do produto, grau de periculosidade, cuidados de manuseio e as advertências quanto os danos à saúde e ao meio ambiente. Quanto ao recebimento deste resíduo, identificamos que apenas 21,5% das empresas visitadas, possuem coletores destinados ao resíduo em questão, e nenhum estabelecimento realiza campanhas educativas sobre o descarte correto. Na região em estudo, ainda é baixo o número de consumidores que realizam o descarte correto das lâmpadas (23,7%); e elevado (55,3%) o número dos que não procuram por informações nos rótulos das embalagens. Portanto, a nossa recomendação aos consumidores é a escolha por lâmpadas com menor impacto ambiental; e aos fabricantes o cumprimento da legislação e a clareza das informações nos rótulos dos produtos.

Publicado
Out 5, 2021
Como Citar
ABDON, Bárbara Uena do Nascimento; NEU, Vania. PÓS CONSUMO DE LÂMPADAS FLUORESCENTES NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM, PA.. Agroamazon, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 14-19, out. 2021. Disponível em: <https://agroamazon.ufra.edu.br/index.php?journal=agroamazon&page=article&op=view&path%5B%5D=57>. Acesso em: 09 dez. 2021.
Seção
Artigos